Carregando…

SAIDAS DE:

Europa, América, Asia e Africa

PONTOS VISITADOS:

Dublín, Howth, Vale de Baoyne, Calçada dos Gigantes, Belfast, Região de Antrim. Derry, Região de Donegal, Sligo

A PARTIR DE €1.100

Uma rota através das terras do norte, um paraíso lendário natural

Esta rota o levará a uma jornada de contos, aos cantos mais encantadores da Irlanda do Norte. Na sua jornada, você verá maravilhas naturais, como a Calçada dos Gigantes e os Vales de Antrim – uma festa para os sentidos que inspiraram o Game of Thrones bem-sucedido – uma experiência cultural, gastronômica e de lazer interessante no impressionante Titanic Belfast, um interativo completo onde Você descobre todos os segredos deste famoso oceano. Entre em um dos famosos táxis pretos e desfrute de uma viagem inesquecível!

ITINERÁRIO

Dia 1: Cidade de origem – Dublin. RUMO AO NORTE

O voo regular desembarca na capital da ilha Esmeralda. Uma vez em Dublin, vá pegar seu carro alugado. Lembre-se que na ilha você dirige à esquerda. Quando você chegar ao hotel, você certamente se acostumou a este pequeno desafio. Você tem o resto do dia à sua disposição para se perder na rua movimentada de Dublin, praticar um pouco de inglês com os cidadãos hospitaleiros ou preparar os detalhes dos próximos dias. Comece sua aventura, indo para o norte.

Dia 2: Dublin – Vale Baoyne – Belfast. UM CAMINHO HISTÓRICO E SELVAGEM DE BELFAST

Depois de um bom café da manhã, é hora de ir para Belfast no seu carro alugado. Sem pressa, recomendamos que você aproveite o caminho e as maravilhosas paisagens que fazem paradas em enclaves surpreendentes na rota para o norte. Assim, no Vale do Boyne, você pode fazer uma parada para visitar o centro de interpretação de Brú na Bóinne, onde você encontrará uma explicação detalhada dos monumentos neolíticos de Newgrange, Knowth e Dowth. Antes de chegar em Belfast, você pode visitar Armagh, a capital eclesiástica da Irlanda. As montanhas íngremes, os lagos esplêndidos e o dramático litoral o tornam o destino ideal para entusiastas da natureza. Alojamento em Belfast.

Dia 3: Belfast – Antrim. BELFAST, DA CAPITAL DO NORTE À CALÇADA DOS GIGANTES

No terceiro dia, você vai acordar na capital da Irlanda do Norte. Não há tempo para desperdiçar, aproveite essa manhã para conhecer a cidade de Belfast, localizado em um local pitoresco entre as montanhas e a costa, e conhecer a história de uma cidade que superou mais de 20 anos de conflito. Não se esqueça de visitar os quatro bairros da cidade, em estilo vitoriano: o distrito da Catedral, o distrito de Titanic, o distrito universitário e o distrito de Gaeltacht. Depois de uma pausa, é hora de retornar ao carro para continuar pela rota do norte, através da costa através dos nove canyons de Antrim, para chegar a conhecida como Calçada dos Gigantes, local impressionante que deslumbra a qualquer um que visite, onde milhares de colunas de pedra vulcânica (quase todas hexagonais e grandes) se uniram, descem passo a passo na encosta da montanha até o naufrágio no mar, o que levou a muitas lendas sobre sua criação. Alojamento

Dia 4: Região de Antrim. 400 ANOS COM SABOR DE MALTA

Após o café da manhã, você tem todo o dia para continuar a desfrutar desta magnífica região, que oferece paisagens sublimes, um litoral excepcionalmente lindo, castelos históricos, belos cânions e cidades movimentadas. A estrada através da qual você passará pela borda nordeste da ilha, com vistas deslumbrantes dos altos penhascos. Se você tem curiosidade sobre como o whisky é feito, convidamos você a visitar a destilaria mais antiga do mundo em Bushmills. Quatro séculos de história e tradição garantem a produção deste precioso caldo. Alojamento

Dia 5: Região Antrim – Derry – Região Donegal DERRY O LONDONDERRY?

Depois do café da manhã, dirija-se no seu carro de aluguel para a cidade de Derry (como os católicos o conhecem) ou Londonderry (como os protestantes o chamam). É uma cidade murada que foi construída seguindo os esquemas dos acampamentos romanos, nas margens do rio Foyle. Você não pode perder sua praça fortificada e o premiado Museu da Torre, que oferece uma visão completa da história da cidade, desde os tempos pré-hispânicos até o presente. Então, é hora de continuar a marcha em direção à região de Donegal, seguindo a estrada costeira, você passará por pequenas penhascos, paisagens íngremes e cantos perfeitos para os amantes da fotografia e da natureza. Alojamento em casa de hóspedes.

Dia 6: Região de Donegal – Sligo PAISAGENS A DESCOBRIR

No sexto dia de sua aventura, convidamos você a se maravilhar com uma das áreas menos visitadas da Irlanda, mas não menos interessante, a região de Donegal. Lá você pode visitar lugares como o Lago Fermanagh, Enniskillen, o arco da caverna de mármore ou o majestoso castelo de Coole. Seja seduzido pela incrível mistura de história e paisagens deslumbrantes de Sligo. Cheio de histórias literárias, Sligo é um dos condados mais pitorescos do noroeste e serviu de inspiração para o poeta WB Yeats, também pode se orgulhar de belos cenários de montanhas, lagos transparentes e maravilhosas praias à beira do Atlântico. A cidade que dá nome aos contrastes do condado, no entanto, por ser uma pequena cidade movimentada e animada com bons restaurantes para desfrutar de uma comida e lojas suculentas para fazer você lembrar sua viagem ao norte da Irlanda.

Dia 7: Sligo – Dublin RETA FINAL EM DIREÇÃO AO SUL

Depois de uma semana de penhascos, castelos, paisagens verdes e locais animados, é hora de começar a viagem de volta ao sul. Você pode aproveitar para parar nos pontos que você perdeu ou tirar fotos diferentes com outra luz. Aproveite a viagem, deixe a beleza da estrada ser gravada em sua memória e diga adeus às terras altas da Irlanda. Quando você chegar em Dublin, onde você vai passar a noite, você ainda tem uma noite na capital para aproveitar as últimas horas em um bom restaurante ou fazer as últimas compras.

Dia 8: Dublin – Cidade de origem A DESPEDIDA DE UMA SEMANA INESQUECÍVEL

Último café da manhã na ilha esmeralda. Dirija-se ao aeroporto, tenho certeza de que a estrada parece familiar, mas depois de 7 dias de intensas aventuras, você sentirá que você é muito mais do que um visitante. Você ficará confortável nas estradas irlandesas e você notará que milhares de memórias maravilhosas voltam na sua mala. Esperamos que você tenha gostado da viagem!

 

VIVA AS MELHORES EXPERIÊNCIAS

VISITANDO UMA DAS UNIVERSIDADES MAIS FAMOSAS NO MUNDO

Descubra a viva atmosfera estudantil do Trinity College Dublin
Personalidades como Jonathan Swift, Samuel Beckett e Oscar Wilde estudaram aqui.

Você sabia que Trinity College Dublin é a universidade mais antiga da Irlanda e uma das mais prestigiadas do mundo? Fundada em 1592 pela rainha Elizabeth I, personalidades internacionais como Oscar Wilde, Jonathan Swift e Samuel Beckett passaram por suas salas de aula.

Sua vasta biblioteca condensa a riqueza cultural da cidade, cuja jóia da coroa é o “Livro de Kells”. A Trinity possui a maior coleção de manuscritos e livros impressos na Irlanda. Desde 1801, a biblioteca da Trinity recebe uma cópia de todas as obras publicadas na Irlanda e na Grã-Bretanha, graças ao qual atualmente tem quase três milhões de livros distribuídos em oito edifícios.

TRADIÇÃO E MODERNISMO EM UM ATRATIVO AMBIENTE UNIVERSITÁRIO

Durante a sua visita, recomendamos que se perca em todos os seus cantos, relaxe em seus pequenos parques, admire seus edifícios elegantes dos séculos 18 e 19 que contrastam com esculturas contemporâneas como Henry Moore e absorve a atmosfera universitária.
Assim que você entrar na porta principal, você encontrará a torre do sino, com cerca de 30 metros de altura, projetada por Edward Lanyon e erguida em 1853, no lugar onde o centro do antigo mosteiro acredita tenha estado. No lado norte da praça encontra-se a capela, projetada por William Chambers e terminada em 1799. Você só pode ver o seu interior organizando uma visita guiada.

O Dining Hall, a Library Square, a Galeria Douglas Hyde, a Galeria de Ciências e o Teatro Samuel Beckett são apenas algumas das atrações deste campus acadêmico que oferece ao visitante uma cidade tradicional e moderna.

INFORMAÇÃO ÚTIL

  • A visita ao Trinity College é imperdível durante uma viagem a Dublin. É tão agradável caminhar pelo campus admirando os edifícios que o compõem, além de voltar para o passado com os livros da Biblioteca Antiga ou contemplar a magnífica obra de arte do Livro de Kells.
  • O preço para visita a antiga Biblioteca e ao Livro de Kells é de aproximadamente 11 euros.

CONHEÇA TODOS OS DETALHES DA SUA HISTÓRIA E PRODUÇÃO

Visite a emblemática fábrica da Guinness
Do Gravity Bar (bar da gravidade), você pode admirar Dublin enquanto prova uma das melhores cervejas do mundo.

Se você é amante de cerveja, não pode deixar Dublin sem visitar a Guinness Storehouse, um dos lugares mais autênticos da cidade. Durante a sua visita, você terá a oportunidade de descobrir informações sobre a história e a produção da bebida mais favorita nestas terras. Sua cor avermelhada, seu cheiro característico e seu sabor intenso fizeram desta cerveja um dos prazeres preferidos dos Dublinenses. A visita a Guinness Storehouse começa no piso térreo do prédio principal, que você reconhecerá por sua curiosa forma de enorme cerveja. Lá você pode ver a cópia da locação de cervejarias assinada por Arthur Guinness em 1759 por 9 mil anos e uma exposição interessante onde você conhecerá todos os segredos que cercam os quatro ingredientes que compõem a cerveja: água, lúpulo, cevada e fermento.

No primeiro andar é explicado o processo de fabricação de cerveja. Uma sala grande contém a antiga maquinaria usada na fábrica: um moinho, uma torradeira, um alambique e barris de madeira gigantes. Por sua vez, o segundo andar oferece ao visitante um interessante passeio pela história desta cerveja emblemática que você conhecerá graças às campanhas publicitárias desenvolvidas pela Guinness ao longo da história. No terceiro andar, os visitantes têm a possibilidade de testar seus conhecimentos sobre álcool através de diferentes jogos interativos. No quarto andar, uma exposição conta a história do edifício, desde 1904 até a sua conversão em 2000 para um centro de visitantes.

No final desta excursão no quinto andar, os visitantes têm a chance de servir sua própria cerveja, dando-lhes um diploma que acredita suas habilidades. A turnê termina no telhado do edifício, conhecido como Gravity Bar, um lugar agradável a partir do qual você pode admirar as vistas da cidade enquanto aprecia a cerveja da casa. Uma experiência única.

INFORMAÇÃO ÚTIL

  • Aberto todos os dias das 9:30 da manhã às 5:00 p.m. (Julho e agosto das 9:00 da manhã às 7:00 p.m.).
  • A entrada custa € 20.

APRECIE UMA DAS CENAS MAIS INCRÍVEIS NA IRLANDA

Descubra segredos de Dublin a bordo de um barco
Excursões ao longo do rio Liffey, uma maneira nova e divertida de ver as paisagens da cidade

Embarque em um cruzeiro de lazer e descubra todos os segredos do rio Liffey e da encantadora cidade de Dublin. Enquanto você curte alguns dos cenários mais bonitos do país, você aprenderá com um guia experiente a história desta cidade, desde a chegada dos vikings, há 1000 anos, o apogeu e desenvolvimento dos séculos XVIII e XIX, a reabilitação dos cais de Dublin e as muitas atrações que transformaram esta cidade numa das principais capitais europeias. Durante o cruzamento, você cruzará a simbólica Ha’penny Bridge, a majestosa Custom House, o Royal Canal e o Grand Canal, além de descobrir que muito da Dublin moderna se senta em terra recuperada do mar, que inclui Trinity College e o Spire no centro da rua O’Connell.

INFORMAÇÃO ÚTIL

  • Duração de aproximadamente 45 minutos.
  • O navio tem capacidade para acomodar 48 passageiros e oferece todas as facilidades e serviços que garantem uma viagem confortável e segura. O barco é coberto em caso de chuva.

RELAXE NO ESPLENDIDO ESPAÇO VERDE DA CIDADE

Caminhe pelo Phoenix Park ou passeie de bicicleta
Conheça o maior parque urbano da Europa

Com mais de 700 hectares de extensão, o Phoenix Park é o maior parque urbano da Europa. Criado em 1662 como reserva de cervos, em 1745 foi remodelado e aberto ao público. Localizado a poucos quilômetros do centro da cidade de Dublin, o Phoenix Park é um espaço verde importante para a cidade, bem como um lugar agradável para andar de bicicleta.

Recomendamos que você visite os seguintes pontos:
1. Monumento a Phoenix. É uma pequena coluna coroada por uma escultura do pássaro mítico, um Phoenix, que dá nome ao parque
2. Zoológico de Dublin. Visite o zoológico, um dos mais antigos do mundo, é sempre uma boa opção para desfrutar a natureza no meio da cidade. Frequentado por moradores e turistas de todo o mundo, foi inaugurada em 1830 com um único residente: um javali.
3. Cruz Papal. Descubra esta cruz localizada no lugar onde em 1979 o Papa celebrou uma missa perante um milhão de seguidores.
4. Monumento de Wellington. Tire uma foto selfie em frente a este obelisco com 63 metros de altura, erguido em homenagem ao Duque de Wellington. Foram necessários mais de 40 anos para construí-lo.
5. Áras e Uachtaráin. A residência oficial do Presidente da Irlanda.
6. O jardim do povo é a única parte cultivada e ajardinada do parque. Você vai encontrá-lo ao lado da entrada do portão de entrada do parque.

INFORMAÇÃO ÚTIL

  • O parque está aberto o dia todo. Você precisará entre três a quatro horas para visitá-lo.

BRÚ NA BOINNE, UM PALÁCIO PRÉ-HISTÓRICO

Os mistérios neolíticos de Newgrange, Knowth e Dowth
Os vestígios da humanidade

O centro de interpretação de Brú na Bóinne está localizado a cerca de 8 quilômetros do interior de Drogheda e cobre uma área entre as cidades de Slane e Drogheda Boyne Valley. Para os amantes da História e Arqueologia, o Centro de Visitantes Brú na Bóinne é uma experiência irrepetível que lhe permitirá descobrir as características das construções neolíticas de Newgrange, Knowth e Dowth, considerado um Patrimônio da Humanidade.

O centro, que domina o núcleo da paisagem arqueológica, inclui exposições onde você aprenderá como os colonos pré-históricos criaram os túmulos neolíticos, suas casas, roupas, alimentos, ferramentas e armas. A extensa exposição também contém uma réplica parcial de tamanho real da câmara Newgrange, bem como uma réplica de um dos sites mais pequenos em Knowth. Você pode ver os restos de cerca de quarenta tumbas que são os restos mais antigos da atividade humana na área que ainda permanecem. Você está pronto para descobri-los?

INFORMAÇÃO ÚTIL

  • O Centro de Visitantes é o ponto de partida para todas as visitas a Newgrange e Knowth, e há um serviço de ônibus para esses monumentos a partir da parada de ônibus localizada a 300 m do Centro na margem norte do rio Boyne.
  • Tanto a Newgrange como o Knowth são locais ao ar livre e não há abrigos. Não se esqueça de trazer roupas adequadas e um guarda-chuva, acaso chova.

MITOLOGIA OU GEOLOGIA DA CALÇADA DOS GIGANTES (GIGANT’S CAUSEWAY)?

Uma luta entre gigantes
O legado vulcânico

O Giant’s Causeway é uma formação espetacular de 40.000 colunas hexagonais e pentagonais, cuja origem geológica é derivada do resfriamento da lava em uma cratera, há cerca de 60 milhões de anos. No entanto, a explicação mitológica descrita na lenda celta da ilha fala da luta entre dois gigantes, um escocês -Staffa e outro irlandês -Finn MacCool-. Segundo a lenda, essa formação rochosa é fruto do confronto entre ambos, que deu vitória ao gigante irlandês. Além da calçada rochosa, ao longo do caminho, você encontrará maravilhosas formações como a chamada “bota de gigante” que, segundo a lenda, é a bota petrificada de Finn, o gigante construtor da calçada.

No centro de visitantes, você terá a oportunidade de ouvir tanto a explicação geológica dessa formação interessante quanto os detalhes da lenda do gigante Finn McCool. Mito ou lenda? Será você quem vai decidir a verdadeira origem desta formação impressionante.

INFORMAÇÃO ÚTIL

  • Duração aproximada: 2 horas
  • Localização: B147 Causeway, a 3 milhas de Bushmills
  • Taxa de entrada é de 8 libras
  • A taxa de entrada inclui guia de áudio e visita guiada
  • O acesso é através do parque de estacionamento do visitante
  • A melhor época do dia a Causeway é as duas últimas horas de luz solar, especialmente na primavera e no outono, quando a luz o atinge de lado e mancha as rochas com cores douradas.

O MUSEU DA TORRE: O DIABO DA CIDADE

As paredes falam de Derry
Um povo unido pela paz

Para conhecer a história da cidade de Derry, nada melhor que abordar o Museu da Torre. Este edifício de estilo medieval abriga uma exposição detalhada que transporta o visitante das origens monásticas da cidade até o presente, passando pela colônia do século XVII do lugar original, a emigração no século XIX, a divisão da Irlanda entre protestantes e católicos e Segunda Guerra Mundial. Hoje, depois de anos de conflito, Derry e Londonderry são dois nomes para um povo que vive como um, unido pela paz, o que certamente vale a pena conhecer.

Derry é também a única cidade murada em toda a ilha. Com uma extensão de mais de um quilômetro e meio de perímetro, oito metros de altura e mais de nove de espessura, as paredes protegem o coração da cidade. Venha ouvir os segredos que revelam essas antigas muralhas, que possuem quatro portas de acesso: Bishop’s, ao sul, Ferryquay, ao leste, Shipquay ao norte e Butchers Gate ao oeste.

INFORMAÇÃO ÚTIL

  • Duração da visita ao museu da Torre e passeio pelas muralhas: 3 horas
  • Aberto todos os dias
  • Acesso: 4 libras
  • Aproveite a sua visita a Derry para descobrir a magia da música ao vivo local. O pub mais famoso é Peadar O’Donnell’s, que oferece performances de músicos locais todas as noites.

TITANIC DE BELFAST

Mergulhe na história do Titanic
O prédio tem a mesma altura que o navio original e é composto por nove galerias espalhadas pelos seis andares

Inaugurado em 2012 para marcar o centenário do naufrágio, Titanic Belfast é um impressionante centro de interpretação localizado no mesmo local onde o forro transatlântico foi construído. Todo mundo já ouviu falar sobre o naufrágio famoso, no entanto, poucos sabem que sua construção começou na cidade de Belfast. Portanto, esta cidade queria homenagear e projetou um prédio com a mesma altura que o próprio navio, composto por nove galerias espalhadas por seus seis andares. Sua altura de 27 metros coincide com o Titanic da quilha para a ponte, e tem capacidade para 3.547 visitantes por vez, a mesma capacidade que o próprio barco.

Você não pode perder este símbolo do legado naval da cidade que tem nove galerias que atravessam a história da cidade industrial de Belfast até o lugar onde o Titanic está hoje. Imagens digitais, efeitos especiais e 3D oferecem um passeio detalhado do navio, desde a sala das máquinas até a ponte do capitão. Bem-vindo a bordo, mas tenha a certeza de que este barco permanecerá em terra firme por muitos anos.

INFORMAÇÃO ÚTIL

  • Duração da visita: 3 horas
  • Preço de acesso: 15 libras
  •  Existe uma taxa reduzida (“Bilhete de economia posterior”) para aqueles que querem visitar durante a última hora.
  • Além de tudo relacionado ao famoso Titanic, você não pode perder o centro oceanográfico. Contém uma exposição dedicada à exploração marinha para descobrir a vida sob a água, naufrágios e mais segredos escondidos nos oceanos.